top of page
  • Foto do escritorNilto Tatto

Uol - CPI do MST vai ao Pontal do Paranapanema, região símbolo do movimento


De lá, os deputados farão uma visita à zona rural do Pontal. A primeira ocupação do MST naquela região foi em 14 de julho de 1990, quando quase 1.000 trabalhadores reivindicaram a reforma agrária na fazenda Nova Pontal, em Rosana.


Segundo o movimento, atualmente há 117 assentamentos rurais na região, que abrigam 7.000 famílias em 170 mil hectares. Um dos integrantes da CPI que amanhã vai ao Pontal, o deputado Nilto Tatto (PT) reclamou da forma como a agenda foi criada. "A coordenação da CPI não passou os lugares exatos da visita", diz.


"A única informação que passam é que vamos nos encontrar com o delegado, que vai dizer onde a gente tem que ir."


Só tem sentido visitar onde há denúncia, mas não conseguimos fazer com que o requerimento tivesse essa especificação. Nilto Tatto, deputado federal


Para ler a íntegra da matéria, clique aqui

bottom of page